Precocidade da raça Santa Gertrudis é destaque em Concurso Novilha e Touro do Futuro

Evento completa 40 anos de existência e é referência para evolução genética da raça no Brasil

Acontece neste sábado (13) em Tietê, São Paulo, a 40ª edição do Concurso Novilha e Touro do Futuro, que seleciona os destaques da raça Santa Gertrudis no país. O evento é realizado na Fazenda Pau D’Alho, tradicional na criação da raça em terras brasileiras.

“As primeiras novilhas foram compradas no início dos anos sessenta, do grupo King Ranch, que tinha várias propriedades na região de Presidente Prudente. Especificamente foram 31 vacas ¾ Santa Gertrudis, ou seja, eram vacas cruzadas, meio-sangue. Depois, importamos um dos primeiros reprodutores de renome na raça no Brasil, o Navigator, que foi muito importante no estabelecimento da Pau d’alho como uma propriedade de renome no circuito da raça no Brasil”, explica um dos filhos do casal, Kenneth Geld.

Carson e sua esposa Ellen começaram este evento em 1983, e até hoje ele serve como referência para a raça, surgindo da necessidade de congregar não só os produtores, mas também as linhagens da raça, que, posteriormente ao julgamento, são colocadas à disposição do mercado.

“É um evento muito importante, que desde sua criação reúne vários criadores e sempre atrai pessoas interessadas em melhorar seus rebanhos, complementando as linhagens que possuem. Seu Carson, na época, era um criador de porte menor e, através da promoção deste evento, permitiu a ele e a outros produtores, que também não eram tão grandes, ter um veículo de comercialização para competir com os grandes produtores”, pontua Kenneth.

O superintendente técnico da Associação Brasileira da Raça Santa Gertrudis, José Arnaldo Amstalden, enfatiza a importância do evento para mostrar a precocidade da raça na parte produtiva, pois as novilhas para participarem precisam apresentar prenhez positiva.

“Todas as fêmeas que participam precisam estar prenhas e com isso, ao longo dos anos, vimos o quanto a raça evoluiu nessa questão da precocidade sexual. Mas não só isso, outras características também foram sendo cada vez mais trabalhadas, como cobertura de carne, mostrando um animal com carcaça cada vez mais superior, com frame moderado, animais que hoje se busca na pecuária moderna”, acrescentou Amstalden.

Ao todo, nove criadores e trinta animais participam do julgamento, que terá início às 9 horas da manhã de sábado. O leilão realizado pela Central Leilões terá início às 13 horas, ambos com transmissão pelo YouTube da leiloeira.

Próximos Leilões

29 MAI 20h00

Londrina (PR)

16º Mega Leilão Fortaleza – Etapa Touros e Novilhas

Canal Rural | Lance Rural

29 MAI 20h04

Londrina (PR)

Leilão Virtual Genética Nelore Confiança – 2ª Etapa

Canal Rural | Lance Rural

30 MAI 13h00

Londrina (PR)

Leilão Virtual Touros, Matrizes e Dorper – Agropecuária 3G

Canal do Criador | Lance Rural

30 MAI 13h00

Londrina (PR)

3° Leilão Virtual Estação Ambar Amaral

Canal Rural | Lance Rural

30 MAI 18h00

Paranaiguara (GO)

Leilão Fazendeiro Especial

Lance Rural

30 MAI 19h00

Rio Grande (RS)

Leilão Virtual + Pecuária

Lance Rural

30 MAI 19h45

São Paulo (SP)

Lance na TV

Canal Rural | Lance Rural

30 MAI 20h00

Santa Cruz (BO)

Rural Notícias

Lance Rural | Canal Rural Bolivia