Publicado em: 13 de janeiro de 2020

Marcello Ciavaglia larga com vitória em festival nos EUA

Montando Conto RJ, cavaleiro venceu a principal disputa do Winter Equestrian Festival 2020 no tradicional point do hipismo nas Américas

Marcello Ciavaglia e Conto RJ: brilhante estreia nos EUA (Foto: Sportfot)

Na última quinta-feira, dia 9 de janeiro, o cavaleiro Marcelo Ciavaglia, vice-campeão brasileiro e ranking senior top 2019, garantiu brilhante vitória na primeira de 12 semanas no Winter Equestrian Festival 2020, no Palm Beach International Equestrian Center, na Flórida (EUA). Esse ano, o evento que é a maior e mais longa competição do hipismo mundial, distribui cerca de US$ 13 milhões em premiação.

Montando o animal Conto RJ, Marcello faturou o 1º WEF Challenge Cup da temporada com US$ 35 mil em jogo. A dupla foi o primeiro conjunto em pista entre os 44 participantes, dos quais 9 foram ao desempate. Marcelo e Conto RJ garantiram a vitória sem faltas, em 35s069. Em segundo lugar chegou a top norte-americana Kristin Vanderveen, pista limpa, 35s493. Em terceiro e quarto lugar aparecem, respectivamente, os canadenses Jonathon Millar, montando Valinski, e Erynn Ballard, com The Diamant Rose, ambos sem faltas, em 36s006 e 39s111.

Já a quinta colocação foi do top brasileiro Cassio Rivetti, que apresentando Bacara D Archonfosse cruzou a linha de chegada emm 34s905, mas com uma falta. O brasileiro João Eduardo Ferreira de Carvalho com Volt du Thot fechou com 3 pontos perdidos na primeira volta e na 13ª colocação.

Marcello monta Conto, um holsteiner de 14 anos, há dez anos, e está fazendo sua estreia no Winter Equestrian Festival. “O local é excelente, muito moderno e gostei muito do percurso. Gostei de tudo dos cavalos e das pessoas, todos muito gentis ”, garantiu Marcello, convocado para defender o Brasil na Copa das Nações na oitava semana do Winter Equestrian Festival.

O convite foi feito pelo treinador do Time Brasil de Salto, Philippe Guerdat, e o chefe de equipe, Pedro Paulo Lacerda, visando a formação do Time Brasil para as Olimpíadas de Tóquio 2020. “Tenho um mês e meio para deixar o Conto em forma para a Copa das Nações. Estou muito motivado”, garantiu o carioca de 43 anos que também está ele mesmo cuidando do seu craque Conto, de propriedade de Roberto Jessourun.

Marcello e Cassio integram o grupo de cerca de 20 atletas em observação para os Time Brasil de Salto nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

 

Fonte: Imprensa CBH com Jenifer Wood Media, Inc.