Holandês é a segunda maior produtora de leite nacional

A raça é criada principalmente em São Paulo, Paraná e Minas Gerais

A raça é criada principalmente em São Paulo, Paraná e Minas Gerais

Segundo dados de 2014, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o Brasil ocupa a quinta posição no ranking mundial de produção de leite. Malhadas de vermelho e branco ou preto e branco, a vaca Holandês é a segunda maior produtora de leite nacional e, por isso, responsável pelo sucesso brasileiro no mercado leiteiro. Baseado nisso, novos projetos para melhorar o gado estão sendo desenvolvidos em Goiás e no Paraná, devido à alta lucratividade do animal.

A Holandês é famosa não só pela sua produção leiteira, mas também pelos seus cruzamentos. O bovino nasce das reproduções entre diversas raças, mas também origina outras. O Girolando, por exemplo, é derivado das relações entre Gir Leiteiro e Holandês. E o Guzolando surge do cruzamento da Holândes com a Guzerá.

Segundo a Associação Paranaense de Criadores Bovinos da Raça Holandesa (ABCBRH), as estrelas do leite contribuem significativamente para a agropecuária brasileira. “Elas também colaboram com a fixação do homem no campo, através da mão de obra, gerando emprego e renda para a população rural”, diz a entidade.

Até hoje não foi estabelecida uma data de introdução da raça no Brasil. Estima-se que a Holandês chegou entre os anos de 1500 e 1535, durante a divisão do país em capitanias hereditárias, mas a única certeza é que o animal foi domesticado há cerca de dois mil anos na Holanda.

Para identificar uma Holandês é muito fácil. Sua cabeça bem moldada, fronte ampla, chanfro reto, pescoço longo, delgado e dorso reto marca o visual de uma vaca criada, principalmente, por pecuaristas que residem em São Paulo, Paraná e Minas Gerais. São nesses estados também que ocorre a maior produção leiteira do país. A região sul, por exemplo, foi responsável por 34,7% da produção nacional, enquanto a região sudeste produziu 34,6% do total em 2014, segundo dados do IBGE.

Os pecuaristas que querem criar a raça Holandês devem ter cuidado com a sanidade do animal. A Associação ainda garante que é importante adquirir bovinos de criatórios que tenham origem comprovada através do Registro Genealógico. “O criador deve ter boas instalações, boas práticas de manejo e alimentação, contribuindo para o conforto do animal”, afirma a entidade.

 Por: Bianca Sandrine | ABCBRH | Canal Rural 

Próximos Leilões

25 JUN 08h00

Palmas (TO)

Programa Clube do Agro 98

Lance Rural

25 JUN 09h00

Uruguaiana (RS)

Programa Agro Fronteira

Lance Rural

25 JUN 09h00

Londrina (PR)

O Melhor da Marca JE – Garrotes Nelore PO

Canal do Criador | Lance Rural

25 JUN 12h00

Londrina (PR)

Leilão Virtual Maratona Matinha – Fêmeas

Canal Rural | Lance Rural

25 JUN 13h00

Corumbá (MS)

107º Leilão Fazenda Novo Horizonte

Lance Rural