GAP Genética traz no DNA o compromisso com a qualidade

O fundador da marca, Eduardo Macedo Linhares, fala sobre a trajetória de sucesso do criatório

O fundador da marca, Eduardo Macedo Linhares, fala sobre a trajetória de sucesso do criatório

Foto: Divulgação GAP Genética

Em 1907 nascia a história de uma família gaúcha que, mais tarde, se tornaria referência nacional em criação de gado de corte. Pelas mãos de João Vieira de Macedo iniciou-se o primeiro plantel através da Cabanha Azul, que já veio com um espiríto de seleção bovina e unindo qualidade e quantidade, o rebanho cresceu.
Em 1993, Eduardo Macedo Linhares, neto de João Vieira de Macedo, resolveu fundar uma nova identidade empresarial e então nasceu a GAP Genética, sediada em Uruguaiana (RS). Hoje, Eduardo e sua equipe, formada por técnicos, profissionais e familiares, se empenham para manter a principal missão do criatório: o compromisso e o bom relacionamento com os clientes. O trabalho é dedicado tanto para a clientela de touros, para aqueles que buscam agregar genética, como também a de frigorífico, destinado ao consumo final. Segundo Eduardo, esse é o maior segredo para o sucesso da marca: “trabalham conosco um corpo técnico muito bem estruturado, com um espírito muito importante para nós que é, buscar o sucesso, mas com qualidade de serviço e respeitando também o ambiente em que vivemos”.

O compromisso da GAP é, acima de tudo, produzir alimento de qualidade. A seleção genética feita pelo criatório tem contribuído de forma significativa para o mercado nacional de gado de corte das raças: Brangus, Angus, Braford e Hereford.

Foto: Divulgação GAP Genética

Acompanhando o avanço da pecuária de corte e buscando compartilhar com o mercado o trabalho feito para a qualidade da carne, a GAP resolveu expandir a fronteira do Rio Grande do Sul e passou a atender também em outros estados da região Sudeste e Centro Oeste do país: “temos vendido touro para todo o Brasil e tido muito resultado. Fazemos um bom trabalho no pós-venda para a satisfação dos clientes ”

O diretor comercial da GAP Genética, Kaju, também falou sobre o assunto e disse que é um grande desafio conquistar o mercado da pecuária no Brasil Central, mas a GAP tem conseguido realizar um bom trabalho. A próxima meta é atingir um patamar de qualidade comparado aos países vizinhos, Argentina e Uruguai, e até mesmo os Estados Unidos: “nós estamos conectados com programas de certificação e esse é o caminho para o crescimento do setor”.

Para compartilhar esse trabalho de seleção a GAP Genética traz os melhores lotes de bovinos e cavalos da raça crioula em seu tradicional leilão da temporada de primavera do Sul do país. O remate está programado para o dia 23 de setembro, a partir das 10h, com transmissão ao vivo pelo Lance Rural e pelo Canal Rural.

Confira no vídeo abaixo a participação completa da GAP Genética e o Vídeo Institucional da marca, exibidos no programa, “Balcão do Boi”, do dia 10 de setembro – a partir dos 16 minutos:

Próximos Leilões

14 AGO 09h00

Londrina (PR)

Leilão Touros Fazenda São Lourenço – Edição Capital

Canal Rural | Lance Rural

14 AGO 09h00

Londrina (PR)

Leilão Touros Ribeirópolis – Edição PO

Canal do Criador | Lance Rural

14 AGO 18h00

Londrina (PR)

Leilão Matrizes Nova Conquista

Lance Rural

14 AGO 19h00

Campo Grande (MS)

Leilão Leiloboi Virtual de Corte

Lance Rural

15 AGO 06h00
15 AGO 20h00

Londrina (PR)

3° Leilão Nelore Giglio – Fêmeas Nelore PO

Canal do Criador | Lance Rural

15 AGO 20h00