Crescimento no ciclo gera expectativa alta para Final da Paleteada

No total, 60 duplas disputam na pista de Esteio título do ciclo que foi marcado por recordes

No total, 60 duplas disputam na pista de Esteio título do ciclo que foi marcado por recordes

Uma das provas mais concorridas da raça Crioula terá a definição de seus campeões durante a Expointer. Os competidores da Paleteada entrarão na Pista do Cavalo Crioulo do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), nos dias 30 e 31 de agosto, para disputar corrida a corrida o direito de subir no lugar mais alto do pódio na competição. A expectativa dos organizadores é que esta será uma das mais acirradas finais dos últimos tempos.

Isso se deve, segundo o coordenador da subcomissão de paleteada da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Mário dos Santos Suñe, ao crescimento da participação de competidores nas fases eliminatórias da modalidade. Cada uma das duas semifinais levou 120 duplas para as pistas, e agora 60 delas vão correr durante a feira. “A Paleteada foi a prova que mais cresceu dentro das provas da raça. Aumentamos o número de competidores e de credenciadoras. Teremos duplas do Uruguai e vagas pelo ranking para competidores que vem de Santa Catarina, Paraná e São Paulo”, explica.

Foto: Everton Souza Marita/ABCCC/Divulgação

Sobre o nível, Suñe avalia que foi alto durante as seletivas. Outro motivo para a grande concorrência será a classificação para a disputa da FICCC, considerada a Copa do Mundo do Cavalo Crioulo, que em 2018 ocorrerá no Brasil. “As semifinais foram de altíssimo nível. O ciclo vem nos surpreendendo e esperamos melhorar a cada nova prova. Os competidores estão treinando e focados neste momento para chegar na final e fazer um grande trabalho”, observa.

A Paleteada terá como jurados Leandro Amaral e Thiago Schilling de Ávila. A paleteada é realizada em dupla e testa a habilidade dos cavaleiros com o gado, além de avaliar a força, a rusticidade e a submissão do animal. Na competição, um bovino é largado em uma raia de 110 metros e cabe aos ginetes prensar o animal com os seus cavalos e conduzi-lo até a porteira mais estreita por um percurso pré-definido.

Para chegar até a porteira final os competidores passam por outras três que vão se afunilando, a primeira tem oito metros de largura e a última três. As duplas são avaliadas por uma comissão que dá notas aos ginetes de acordo com seus desempenhos e domínio sobre o bovino. Vence a dupla com maior pontuação.

Texto: ABCCC

Próximos Leilões

13 AGO 09h00

Uruguaiana (RS)

Programa Agro Fronteira

Lance Rural

13 AGO 10h00
13 AGO 10h00

Xinguará (PA)

Leilão Nelore Água Fria Xinguara – Edição Presencial

Canal Rural | Lance Rural

13 AGO 12h00

Londrina (PR)

Leilão Agropecuária Napemo

Canal do Criador | Lance Rural

13 AGO 15h00

Trindad (BO)

Mega Toros Sausalito

Lance Rural

13 AGO 15h30

Lavras do Sul (RS)

57º Rematão Conjunto de Gado Geral

Lance Rural

13 AGO 16h00
14 AGO 09h00

Londrina (PR)

Leilão Touros Fazenda São Lourenço – Edição Capital

Canal Rural | Lance Rural