Alta genética garante liderança na venda das raças Hereford e Braford

O programa Touro Jovem, da Conexão Delta G, disponibiliza ao mercado touros de alto potencial genético

Alta genética garante liderança na venda das raças Hereford e Braford

Foto: Bernardo Potter

O programa Touro Jovem, da Conexão Delta G, disponibiliza ao mercado, anualmente, touros das raças Hereford e Braford de alto potencial genético. Os animais são utilizados em larga escala nos rebanhos de todo o país. O teste de progênie realizado dentro do programa, em parceria com a Progen/Alta Genetics, permite identificar touros superiores ainda jovens, testados massivamente em vários rebanhos da entidade.

Todos os anos os melhores tourinhos, entre todas as propriedades do programa, são selecionados pelo GenSys, a empresa responsável pelas avaliações genéticas da Conexão Delta G. Apenas os melhores e mais equilibrados animais entre os 1% superiores para índice final são selecionados. De acordo com o presidente do Conselho Técnico da entidade, Bernardo Pötter, isso significa que não basta apenas ser bom. Além disso, é preciso ser ótimo para todas as características avaliadas. “Desse modo, a Conexão Delta G vem aplicando uma pressão de seleção ao redor de 0,08%”, informa.

A Progen/Alta Genetics é responsável pelo congelamento e distribuição do sêmen entre os integrantes do programa. Portanto, após as primeiras avaliações de progênie, seleciona para a sua bateria da central os animais com melhores resultados. Pötter ressalta que essa parceria tem dado excelentes frutos, com vários touros líderes de sumário e de vendas de sêmen sendo originários do programa Touro Jovem. “Atualmente, cerca de 90% dos tourinhos em teste de progênie chegam a ser touros de central, o que justifica o investimento. Hoje, investir em sêmen de touro jovem provado é mais atrativo do que comprar sêmen de touro adulto, muitas vezes com alto valor de mercado”, observa.

Melhoramento genético

Para Pötter, o sucesso do programa é a prova de que o melhoramento genético realmente está ocorrendo. Isso porque quando as novas gerações superam as mais velhas, todos os anos, é sinal de que o progresso genético é uma realidade. “Apenas dois ou três anos é o tempo médio que um touro consegue se manter no topo do sumário, sendo logo superado pelos touros jovens que são provados”, explica.

Segundo Fábio Barreto, da Progen/Alta Genetics, hoje existem vários touros disponibilizados ao mercado. Eles são oriundos do teste de progênie e são líderes de venda nas raças Hereford e Braford no Brasil. Ele também lembra que a seleção para o programa Touro Jovem inicia com uma avaliação genética de animais de cada geração (em 2020 serão avaliados os touros nascidos em 2018). Logo após são elencados os melhores dessa geração por índice final, tanto no Hereford quanto no Braford. De posse desta listagem, Barreto ressalta que estes animais são revisados em cada uma das fazendas dos participantes da Conexão Delta G. “Eles têm a parte de fenótipo revisado para sabermos se possuem apelo comercial, se estão dentro do que é esperado para um reprodutor”, explica.

Por Rejane Costa |  AgroEffective, com edição de Bianca Sandrine | Lance Rural

Próximos Leilões

19 SET 08h30

Vila Velha (ES)

Grande Campeonato Expoinel 2020

Canal do Criador | Lance Rural

19 SET 13h00

Londrina (PR)

Leilão Premium EAO Virtual

Canal Rural | Lance Rural

19 SET 15h00
19 SET 15h30

Lavras do Sul (RS)

8º Rematão Conjunto de Gado Geral

Lance Rural

19 SET 16h00

Terra Roxa D'Oeste (PR)

Leilão Virtual Velocidade Haras Mantovani

Lance Rural

19 SET 19h00

Lages (SC)

13º Leilão Virtual VP

Lance Rural

20 SET 09h00

Londrina (PR)

Leilão Virtual Touros Melhoradores Nelore OL

Canal Rural | Lance Rural

20 SET 20h30

Campo Grande (MS)

Leilão Leiloboi Virtual de Corte

Canal do Criador | Lance Rural