50ª Exposição Agropecuária de Barretos

50ª Exposição Agropecuária de Barretos


Fone: (17) 3322-8700

Abertura: 20/07/18 | 11:00

Encerramento: 29/07/18 | 18:00

ExpoAgro Barretos celebra revitalização e Jubileu de Ouro

Um evento para consagrar o passado, o presente e o futuro de uma exposição agropecuária que promete voltar a ser uma das melhores do Brasil

Meio século de tradição – Na década de 40, nascia uma das maiores exposições agropecuárias do país: a ExpoAgro Barretos. A cidade do interior paulista durante muitos anos foi considerada a “capital da pecuária brasileira”. Devido a sua localização geográfica, clima favorável, qualidade de suas terras e pioneirismo de pecuaristas renomados, Barretos sempre foi um importante polo do agronegócio.

Túnel do tempo: ExpoAgro Barretos – 1972

Com o passar dos anos, a pecuária foi perdendo espaço para a agricultura, principalmente para a produção de cana-de-açúcar…. A ExpoAgro Barretos também enfrentou alguns problemas e durante um período não foi realizada. O mesmo aconteceu com o Recinto Paulo de Lima Correa, berço da exposição e da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, que ficou com os portões fechados por vários anos.

Já as boas memórias da exposição e do recinto permaneceram firmes e fortes! Fazem parte da história de Barretos.  E neste ano, ao comemorar o seu Jubileu de Ouro, a ExpoAgro Barretos vai resgatar a tradição do evento e de um lugar que tem espaço garantido no coração dos barretenses!

O Recinto Paulo de Lima Correa é tombado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo)

Após o término das obras de reforma, restauração de seus pavilhões originais e a construção de um Centro de Excelência em Hipismo com novos prédios, pista coberta, pistas ao ar livre e novo sistema de drenagem da arena de eventos, o Recinto Paulo de Lima Correa, será reaberto ao público no dia 20 de julho. Situado no Centro da cidade, o local, que é um Patrimônio Cultural e Histórico de Barretos, está pronto para reviver seus tempos áureos de grandes marcos e conquistas! E assim como na inauguração, o ápice fica por conta da ExpoAgro Barretos, que será a responsável por atrair novos e antigos visitantes ao local!

Mais do que celebrar o cinquentenário de uma exposição, esse é um evento que vai mostrar à cidade, ao estado e ao país a força do setor mais próspero da economia nacional!

Nova pista equestre do Recinto Paulo de Lima Correa vai ser palco de provas importantes

Não aponte defeitos, aponte soluções:

Para que esse meio século da Exposição Agropecuária de Barretos pudesse ser comemorado em grande estilo, foi imprescindível o trabalho realizado pela Comissão Organizadora da ExpoAgro, presidida pelo pecuarista José Faria. Natural de Itápolis(SP), mas barretense de coração, há cinco anos ele abraçou essa nobre causa ciente do seu compromisso social. Buscou parcerias, traçou estratégias e não mediu esforços para resgatar a tradição histórica e cultural da ExpoAgro Barretos. “Quando assumi a presidência da Comissão da ExpoAgro Barretos, entrei de corpo e alma. Com a mente e o espírito abertos para servir. O meu objetivo era transformar em realidade o sonho de muitos moradores e frequentadores da nossa exposição e do Recinto Paulo de Lima Correa. Ou seja, recuperar o brilhantismo da Exposição Agropecuária de Barretos, apontando soluções. Esse tipo de prestação de serviços é uma experiência muito gratificante, pois é uma via de mão dupla de satisfação. Não dá para passar por essa vida, sem nos apresentarmos e de alguma forma sermos úteis. Nos últimos meses, tenho recebido muitas mensagens e telefonemas de pessoas agradecendo pela retomada da ExpoAgro num dos pontos turísticos do município. Esse retorno espontâneo é o que nos motiva a seguir em frente, trabalhando cada vez mais em prol de causas que acreditamos” revela José Faria.

O pecuarista José Faria há cinco anos vem trabalhando para resgatar a magnitude da ExpoAgro Barretos

A ExpoAgro Barretos faz parte do calendário turístico do Estado de São Paulo e a expectativa da Comissão Organizadora é que, em breve, a exposição seja novamente reconhecida como uma das três melhores do agronegócio estadual. “Vamos reposicionar a Exposição Agropecuária de Barretos coma uma grande feira do agronegócio de São Paulo e do Brasil. E nos próximos anos, ela já deve conquistar a terceira posição estadual, atrás apenas da AgriShow, realizada em Ribeirão Preto, e da Feacoop, que acontece em Bebedouro”, afirma José Faria.

Programação 50ª ExpoAgro Barretos

A princípio, o Jubileu de Ouro da Exposição Agropecuária de Barretos seria celebrado em junho, mas por conta da greve nacional dos caminhoneiros o evento foi adiado para o período de 20 a 29 de julho. O postergamento acabou sendo até benéfico. Surgiram novas parcerias e o evento ganhou um fim de semana a mais. Agora, o público terá dez dias de exposição e uma programação diversificada que mescla pecuária, agricultura e lazer. A organização é da Comissão Organizadora, com o apoio da Prefeitura Municipal, Sindicato Rural do Vale do Rio Grande, Governo do Estado de São Paulo, Sebrae e muitas outras empresas.

São esperadas mais de 20 mil pessoas, incluindo mais de 2 mil alunos da rede municipal de ensino e de escolas particulares.

O Recinto Paulo de Lima Correa deve receber cerca de 600 animais, entre bovinos das raças Nelore e Senepol, além de equinos. O julgamento de Nelore vai começar no dia 26 de julho e a expectativa é de, aproximadamente, 300 animais em pista.

A raça Nelore é uma das estrelas da 50ª ExpoAgro Barretos

Dia 26 também será dia dos criadores de Nelore fazerem excelentes negócios no 8º Leilão Virtual Elite J.Faria, com ponto de encontro na Agropecuária J. Faria e transmissão ao vivo pelo Canal Rural, a partir das 21h. O anfitrião do remate é o presidente da ExpoAgro Barretos, José Faria, que já recebeu a confirmação de mais dois leilões para o ano que vem, um de Senepol e outro de Quarto de Milha.

Elen I FIV J Faria é uma das estrelas que vão brilhar no 8º Leilão Virtual Elite J.Faria, dia 26 de julho, com transmissão do Canal Rural

As provas Ranch Sorting, 3 Tambores e Team Penning são muito aguardadas e vão atrair diversos animais, competidores, criadores e apaixonados pelo universo equestre!

Um Concurso Cultural de Música Raíz e o tradicional Concurso da Queima do Alho também vão agitar o evento.  Essa festividade rural surgiu no dia a dia das comitivas e se tornou uma tradição culinária típica da cultura caipira e sertaneja, composta por arroz carreteiro, feijão gordo, paçoca de carne e churrasco, tudo preparado em um fogão improvisado. No total, dez comitivas do Sudeste e Centro-Oeste do país vão participar do Concurso da Queima do Alho, que desde 2016 é considerado Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.

Queima do Alho: uma tradição tropeira

Dando sequência, outro ponto forte da exposição são as palestras com especialistas do agronegócio e historiadores que irão destacar a cultura barretense.

No dia 26 de julho, a jornalista Kellen Severo, do Canal Rural, às 10h30, vai abordar as “Tendências do Agronegócio”. Outros temas que os palestrantes vão discutir são: “Planejamento e Resiliência: essenciais em cenários turbulentos”, “Crédito Rural”, “Cuidados com a Queimada” e “Plantio de Seringueira.

A cerimônia de abertura 50ª Exposição Agropecuária de Barretos está marcada para começar às 12h do dia 20 de julho. À noite, a partir das 20h, está confirmado o show da dupla sertaneja Carreiro & Capataz.  Para encerrar o evento, no dia 29 de julho, será promovido um almoço beneficente. O dinheiro arrecado será revertido para uma creche e um lar de idosos de Barretos.

No cinquentenário da Exposição, os visitantes terão mais de 50 atrações para desfrutarem gratuitamente. Um Jubileu de Ouro que certamente vai render um belo capítulo para a história da Exposição Agropecuária de Barretos! “Sinto-me feliz e honrado por fazer parte do Jubileu de Ouro da ExpoAgro Barretos. Com visão de futuro, vamos inovar cada vez mais e fazer com que esse evento volte a participar ativamente do desenvolvimento do agronegócio brasileiro. Muitas coisas mudaram da década de 40 para os dias atuais, mas as raízes que sustentam a exposição permanecem intactas. E é por isso que desde já, estamos festejando e agradecendo por esses 50 anos da nossa querida Exposição Agropecuária de Barretos”, conclui José Faria.

Por Paula Sant’Ana | Canal Rural